Buster love

Próxima páginaArquivo

"Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar no sonho que se tem, ou que seus planos nunca vão dar certo, ou que você nunca vai ser alguém."

- Renato Russo. (via revejo)

(Fonte: idealizares, via revejo)

"Me sinto nublada, como se uma tempestade estivesse prestes a se formar dentro de mim. E eu, bom, não saberei evitar quando as lágrimas começarem a jorrar sem fim. Talvez esse seja o meu erro, prevejo o mau tempo e mesmo assim não faço nada para evitá-lo. E me deixo carregar pelas fortes brisas que me abraçam."

- Pelos Olhos de Maíse. (via revejo)

(Fonte: Expurgar, via revejo)

"Não seja aquele tipo de pessoa que busca, acha, e depois sai correndo com medo."

- Paulo Coelho. (via revejo)

(Fonte: futura-esposa, via revejo)

"Querida mãe, querido pai, não sei mais conviver com as pessoas. Tenho medo de uma casa cheia de pais e mães e irmãos e sobrinhos e cunhados e cunhadas. Tenho vivido tão só durante tantos – quase 40 – anos. Devo estar acostumado. Dormir 24 horas foi a maneira mais delicada que encontrei de não perturbar o equilíbrio de vocês – que é muito delicado. E também de não perturbar o meu próprio equilíbrio – que é tão ou mais delicado. Estou me transformando aos poucos num ser humano meio viciado em solidão. E que só sabe escrever. Não sei mais falar, abraçar, dar beijos, dizer coisas aparentemente simples como “eu gosto de você”. Gosto de mim. Acho que é o destino dos escritores. E tenho pensado que, mais do que qualquer outra coisa, sou um escritor. Uma pessoa que escreve sobre a vida – como quem olha de uma janela – mas não consegue vivê-la. Amo vocês como quem escreve para uma ficção: sem conseguir dizer nem mostrar isso. O que sobra é o áspero do gesto, a secura da palavra. Por trás disso, há muito amor. Amor louco – todas as pessoas são loucas, inclusive nós; amor encabulado – nós, da fronteira com a Argentina, somos especialmente encabulados. Mas amor de verdade. Perdoem o silêncio, o sono, a rispidez, a solidão. Está ficando tarde, e eu tenho medo de ter desaprendido o jeito. É muito difícil ficar adulto."

- Caio Fernando Abreu. (via revejo)

(Fonte: flores-na-estrada, via revejo)

"O maior elogio que eu poderia fazer a uma pessoa era dizer assim: gosto de você além da minha imaginação, não porque aprendi a gostar, mas porque por mais que eu sonhe, você é ainda melhor que o sonho. Você é além da minha capacidade em te imaginar. E eu jamais te diria isso. Não posso te fazer esse elogio."

- Tati Bernardi. (via revejo)

(Fonte: s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r, via revejo)

"— Sensação boa.
— Qual?
— Olhar pra você e não sentir mais nada."

- Desconhecido. (via revejo)

(Fonte: espeliarmus, via revejo)

"Cuidado com as palavras pronunciadas em discussões e brigas, que revelem sentimentos e pensamentos que na realidade você não sente e não pensa… Pois minutos depois, quando a raiva passar, você delas não se lembrará mais… Porém, aquele a quem tais palavras foram dirigidas, jamais as esquecerá."

- Charles Chaplin. (via revejo)

(Fonte: imaturo, via revejo)

"Respeita o silêncio, nunca se sabe o que vive dentro dele."

- Motoshima. (via revejo)

(Fonte: Detentor, via revejo)

"Lindo é você se apaixonar por alguém que nunca tocou. Lindo é você se apaixonar por uma voz do que por um beijo. Lindo é você desejar alguém todos os dias e não perder as esperanças."

- Por que a distância existe? (via revejo)

(Fonte: insecure-boy, via revejo)